Segunda-feira, 5 de Maio de 2008
Deixar a fralda

     Aprender a colocar uma fralda é bastante fácil, é quase automático e até os pais mais desajeitados aprendem a fazê-lo rápidamente e sem grandes problemas. As verdadeiras dificuldades surgem quando chega o momento de treinar a criança para deixar de a usar.
     Antes de mais, os pais devem ter consciência de que não há uma idade certa para deixar de usar fralda, isto depende de criança para criança. Por isto, não deve sentir qualquer tipo de preocupação se conhece uma criança da mesma idade do seu bebé que já deixou a fralda e o seu ainda não.
     É necessário que esteja atenta e observe o comportamento da criança. A maioria sente-se desconfortável quando faz as necessidades na fralda e chora por isso, é aliás assim que os pais se apercebem se está na hora de mudar a fralda. É também deste modo que a criança aprende a controlar as necessidades, apercebendo-se da diferença entre estar limpa e confortável, ou estar suja e desconfortável. Começa a conhecer o seu corpo e a perceber que o xixi e o cocó saem dela e podem ser controlados.
Ainda que não haja uma idade certa para deixar a fralda, e não se deva fazer pressão para que a criança o faça, a idade normal para isto acontecer é entre os 22 e os 34 meses, na qual a maioria dos bebés já se encontra preparado. Lembre-se que esta não é uma mudança repentina, exige tempo e, sobretudo, compreensão e carinho. 
Para que tudo corra bem, deixamos-lhe algumas dicas:
     - Controle a quantidade de xixi que cada fralda contém após cada muda. Se o seu filho tiver a fralda seca é um sinal que está na altura de começar o processo de a largar.
     - Quando o seu filho estiver em casa, coloque-lhe uma fralda de pano, pois não é impermeável nem absorvente e ele aperceber-se-á mais rapidamente do desconforto.
     - Iniciado o processo de deixar a fralda, forre o colchão para evitar correr riscos desagradáveis. É normal que nos primeiros dias as coisas não corram logo como se deseja.

                                           



publicado por roupitas às 13:03
link do post | comentar | favorito

Atraso na aquisição da fala/linguagem

    Como identificar?

    Cada criança tem um ritmo de tempo próprio e diferente de todas as outras, o que para uma pode ser adquirido na altura certa ou um pouco mais cedo, para outra pode ser adquirido um pouco mais tarde, sem que por isso seja considerado um atraso.

     Há que respeitar o desenvolvimento de cada criança dando-lhe tempo para as suas aquisições, Contudo desde a nascença podem ocorrer uma série de sinais indicadores de eventuais dificuldades no desenvolvimento da linguagem:

   - Fraco contacto visual

   - Fraca ou nenhuma reacção aos sons, musica ou canto

   - Fraca ou nenhuma reacção aos estímulos ou às interacções dos pais

     Ou a partir de determinado momento, os pais poderão começar a aperceber-se de outras dificuldades que prejudiquem tanto a compreensão do discurso da criança como a sua capacidade de expressão.

    Existem alguns sinais que poderão alertar os pais para eventuais atrasos no desenvolvimento da fala e/ou linguagem, que podem ser facilmente detectados quando a partir dos três anos ainda se verifique:

    - Vocabulário reduzido

    - Frases curtas e muito imaturas

    - Dificuldade na elaboração de frases e na descrição de acontecimentos recentes

    - Discurso infantil: fala “à bebé” (expressões como: o popó, o piupiu, o quáquá, o dói-doi etc)

    - Discurso de fraca inteligibilidade

    - Alterações na articulação dos sons da fala com demasiadas trocas e omissões

    - Dificuldade na compreensão de pedidos, perguntas etc

    

     Como actuar?

     Os pais, ao suspeitarem de dificuldades na fala e ou linguagem da sua criança, deverão não só estar atentos para o tipo de dificuldades, como também, avançar no sentido de pedir um esclarecimento mais especifico nesta área. Uma série de medidas podem ser tomadas, nomeadamente:

    - Falar com o pediatra da criança

    - Recorrer a um terapeuta da fala para a avaliação das capacidades comunicativas e linguísticas da criança

   - Encaminhar para a consulta de Otorrinolaringologia (ORL) para o despiste de eventuais dificuldades de audição

 

 

 



publicado por roupitas às 12:53
link do post | comentar | favorito

A fase linguística

Entre os 16/20meses:

- Produz um pequeno número de palavras

- Compreende a ordem “não”

Entre os 20/24 meses:

- O vocabulário aumenta entre 20 a 200 palavras

- Surge a palavra-frase (uma palavra pode ter o significado de uma frase: “quéa”- “quero água”-que se pode prolongar até aos 2 anos

- Começa a utilizar a palavra “não”

- Surgem as primeiras frases de duas palavras: “tem xixi”

- Aponta para objectos nomeados

- Compreende perguntas simples: “O papá?”

Entre os 24/27 meses:

- O vocabulário cresce entre 300 a 400 palavras

- Surgem mais frases de duas palavras

- Começam a surgir as primeiras frases de três palavras (ainda imaturas)

Entre os 27/36 meses:

- O vocabulário cresce entre 1000 a 2000 palavras

- Nomeia pelo menos uma cor

- Distingue o tamanho das coisas

- Começa a construir frases cada vez menos imaturas, mais longas e complexas utilizando artigos e algumas formas verbais

- Já relata experiências recentes e descreve acontecimentos simples

- Compreende frases mais complexas, por exemplo de duas ordens:” Põe a colher em cima da mesa e dá a prato”

A partir dos três anos de idade os elementos essenciais da linguagem já estão adquiridos, a partir desta idade a criança vai enriquecer o seu vocabulário e aperfeiçoar a construção gramatical das frases.



publicado por roupitas às 12:11
link do post | comentar | favorito

.mais sobre nós
.Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
13
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
27
30
31


.posts recentes

. Dia Mundial da Criança

. Trocar o berço pela cama.

. Como lidar com as mentira...

. Educação : Castigar ou nã...

. Brincadeiras dos 4 aos 6 ...

. A criança aos 6 anos

. A criança aos 5 anos

. Desenvolvimento da crianç...

. O terceiro aniversário

. Sugestões

.Contador de visitas
Estadisticas y contadores web gratis
Estadisticas Gratis
.Visitas no blog
online
.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

.links